Condomínios apertam o cinto

O jornal “O Diário do Norte do Paraná” deste domingo (04/09) traz um texto grande sobre soluções que os condomínios de Maringá estão encontrando e adotando para reduzir despesas. O foco da reportagem é a decisão das administrações condominiais de não aumentar a taxa de condomínio, pois os condôminos de uma maneira geral relutam em aportar mais recursos para cobrir os gastos que aumentam com a inflação.

Um Condomínio reduziu a conta de luz de R$ 4 mil para R$ 1,9 mil só com a troca de lâmpadas incandescentes por lâmpadas de led. Outro reduziu funcionários da limpeza, contando com a colaboração dos condôminos para reduzir a demanda desse serviço.

O texto lista uma série de medidas que podem ser adotadas. Algumas não servem a um condomínio de lazer como o Oásis, como, por exemplo, a captação e utilização da água da chuva para reduzir a conta de água. Outras servem a qualquer condomínio. Exemplo: cobrar com energia os inadimplentes, para que esse custo não recaia sobre os demais condôminos.

Para quem interessa, esse link leva à reportagem de O Diário.

Anúncios
Esse post foi publicado em Sem categoria. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s